Unidades: Octogonal (61) 3213-3737 - Cruzeiro: (61) 3213-3838

Transição do EF para o EM é tema de encontros com estudantes e pais

Depois de uma manhã de atividades realizada para os estudantes dos 9º anos das duas unidades do Colégio CIMAN, ontem (29/8), à noite, foi a vez de os pais desses jovens participarem da reunião de transição do Ensino Fundamental para o Ensino Médio. Realizado anualmente, o encontro tem como objetivo explicar como se desenvolve a didática de ensino-aprendizagem na etapa seguinte, que eles iniciarão em 2017.
O diretor do CIMAN Octogonal, Mark Mello, explicou às famílias o papel delas na parceria com a escola durante o Ensino Médio, levando em consideração que, nessa etapa, os estudantes se preparam para desafios como o Programa de Avaliação Seriada da Universidade de Brasília (PAS-UnB), o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e de outros vestibulares, que definirão sua trajetória após a educação básica. Ele também detalhou o Ensino Médio CIMAN, explicando o funcionamento do Programa Pós-Aula, que oferece aulões interdisciplinares, monitoria individualizada, aulas de laboratórios e outras ferramentas de complementação do ensino regular e acompanhamento aos estudantes, sem custo adicional para as famílias. Além disso, explicou o currículo expandido do Ensino Médio, que inclui algumas cadeiras regulares sendo ministradas no período da tarde. Dois dos formandos do Ensino Médio CIMAN em 2013, Letícia Mamede e Lucas Valente, hoje universitários, falaram às famílias presentes sobre sua trajetória no Ensino Médio e da importância do Pós-Aula CIMAN, em que os mesmos professores do curso regular são os monitores e professores de aulas transversais.
“Queremos que os pais entendam os pontos cruciais da etapa para serem parceiros da escola e poderem fazer seu papel de apoio aos estudos dos filhos com clareza e tranquilidade. Trata-se de uma etapa decisiva da educação dos nossos estudantes e, por isso, sabemos da importância de esclarecer, desde já, como serão as mudanças pelas quais eles passarão para se adaptar à nova rotina. Da forma como conduzimos o processo no CIMAN, a transição é bastante tranquila, tanto para os pais quanto para os estudantes, e os resultados têm sido os melhores possíveis”, completa Mark Mello.

Veja fotos do encontro.